Marcelo encontra no esporte os ensinamentos necessários para superar os desafios do trabalho


Foi o desejo de crescer e conhecer o mundo que fez Marcelo, aos 19 anos, sair da casa dos pais em São Vendelino, cidade do interior do Rio Grande do Sul, e aceitar a oportunidade de fazer parte da Grendene em Sobral. Em 1998, iniciou a sua trajetória na empresa como Líder Técnico de Produção e teve seu primeiro contato com o mundo da indústria e do calçado. Desde então, sua carreira foi marcada por oportunidades e novos desafios dentro da Grendene.

O ano de 2009 foi um grande marco na vida de Marcelo: além de receber o convite para assumir a supervisão da produção da fábrica de Fortaleza, onde nossas Melissas são produzidas, este também foi o ano de seu casamento. Três anos depois, em 2012, passou a responder como Supervisor de Operações de Produção, cargo que exerce até hoje. “Eu não conhecia nada de injeção de calçados. Fui aprendendo tudo aqui dentro, toda a parte de transformação do plástico e da gestão de pessoas aprendi aqui. A faculdade ensina, mas muita coisa você aprende no dia a dia. A Grendene é uma fábrica de oportunidades”, comenta ao falar sobre sua trajetória na empresa.

Em seu tempo livre, além de ficar com a família e curtir os filhos, nosso Supervisor tem como hobbie velejar. Relembra que se encontrou na prática desse esporte e teve que enfrentar muitos dos seus medos para poder superar a si mesmo e não desistir. “Sempre falo, não importa o tamanho da onda, você tem que passar por cima. E a vida da gente é assim. Não importa o tamanho do problema, você tem que passar por cima. Tem que ser forte e enfrentar”.

Marcelo compara a coragem necessária para praticar o velejo ao mar, com o entusiasmo indispensável para enfrentar as situações diárias do trabalho. “Se está vindo uma onda grande, qual a alternativa? Você não tem muito tempo para pensar, tem que agir. Passar por cima. É superação, assim como no dia a dia”.

A dedicação e o comprometimento são características essências não somente no esporte como também no trabalho e, como gestor de aproximadamente 300 pessoas, Marcelo incentiva a sua equipe a sonhar para crescer. Ele acredita que é sua reponsabilidade mostrar para as pessoas que elas são capazes de alcançar seus objetivos e, para isso, basta preparação, planejamento e estar aberto para aprender. “A vida vai te ensinando muito e você precisa estar com a mente aberta para isso, sempre se reinventar para não se acomodar e não ficar ultrapassado”.

Uma das suas maiores realizações como líder é receber o agradecimento de alguém por ele ter ajudado na sua evolução, “quando cheguei na Grendene foram as pessoas que me mostraram o caminho e, hoje como gestor eu percebo isso, tenho que direcionar as pessoas que recebo, tenho que ensiná-las”. Marcelo acredita que o gestor tem a grande responsabilidade de fazer as pessoas se sentirem felizes no ambiente de trabalho, e isso acontece nos detalhes, no bom dia, no olhar e no acolhimento.